Última atualização: 10/09/2018 11:56

 

CONDIÇÃO OCEÂNICA

A situação atual da temperatura da superfície do mar na região do Oceano Pacífico Equatorial mostra um padrão de neutralidade climática, conforme pode ser visto na Figura 01. Os prognósticos numéricos mais recentes indicam a manutenção da neutralidade climática no mês de setembro e um cenário de contínuo aquecimento das águas do Pacífico Equatorial nos próximos meses, com grande probabilidade para a instalação de El Niño entre final da primavera e inicio do verão.

 

Figura 01: Anomalia de Temperatura da superfície do mar no Pacífico Equatorial. Fonte:CPTEC/INPE;

 

PROGNÓSTICO CLIMÁTICO MENSAL

Historicamente no mês de setembro chove entre 125 e 150mm no Vale do Itajaí. Em Blumenau, a climatologia indica um aumento do volume de chuva em setembro em relação aos meses anteriores, com acumulado mensal em torno de 128mm. As frentes frias, áreas de baixa pressão e vórtices ciclônicos são os principais sistemas precipitantes nesta época do ano.

As projeções climáticas mais recentes indicam que a precipitação ficará em torno a acima da média neste mês de setembro de 2018, como pode ser observado na Figura 02. Após as chuvas nos primeiros dias do mês, instalou-se um período de tempo mais seco, onde predominaram os dias com presença de sol e variação de nuvens. No inicio da segunda quinzena do mês retorna uma condição de chuvas mais amplas e regulares ocasionadas principalmente pela atuação de cavados e formação de áreas de baixa pressão. Vale ressaltar que eventos de chuva intensa em curto período de tempo podem ocorrer em qualquer época do ano.

 

Figura 02: Prognóstico da anomalia de Precipitação Acumulada (mm) para setembro de 2018. Fonte: CPPMet/UFPel;

 

As temperaturas tendem a ficar dentro a ligeiramente acima média durante o mês de setembro em Blumenau, como se observa na Figura 03. A atuação de massas de ar seco favorecem a ocorrência de dias com grande amplitude térmica, com manhãs frias e tardes mais quentes. O resfriamento norturno e a influência da umidade vinda do mar favorecem a formação de nevoeiros na região.

 

Figura 03: Prognóstico da anomalia de Temperatura do ar para setembro de 2018, (a) mínima e (b) máxima. Fonte: CPPMet/UFPel;

 

PROGNÓSTICO CLIMÁTICO TRIMESTRAL

De acordo com a previsão de consenso elaborada durante último Fórum Climático Catarinense, a chuva ficará dentro da média no trimestre Set/Out/Nov, com distribuição irregular ao longo do período. Setembro e outubro marcam a transição inverno/verão, dando início às chuvas de primavera com totais mensais mais elevados em relação aos meses anteriores. Na primavera aumenta a incidência de temporais, por vezes com acumulados significativos de chuva em curto espaço de tempo.

Para o trimestre a previsão é de temperatura acima da média climatológica. Em setembro, com o avanço de massa de ar seco ainda pode-se registrar alguns dias com temperaturas baixas, principalmente em relação às mínimas. Porém a maior parte dos dias de outubro e novembro serão de temperatura acima do esperado.

 

Tatiane Martins

Meteorologista - AlertaBlu